Pela democracia, o Estado laico e os direitos humanos, nós dizemos: #EleNão, #EleNunca

meme - religiosos contra bolsonaro ATO SP_baixa

 

Os setores mais conservadores, aliados às elites capitalistas e neoliberais, têm como proposta fragilizar a democracia, desmoralizar os movimentos sociais e manter os privilégios dos mais poderosos. São esses os que compactuam com a violência, o machismo, o racismo, a LGBTfobia e a tortura. São esses os que atentam contra o Estado de Direito, dia e noite, para aumentar seus poderes e ampliar a desigualdade econômica entre ricos e pobres. São esses os que defendem a “ordem” e o lucro por meio da violência e do militarismo. São os autoproclamados profissionais da violência. Em nenhuma hipótese eles devem governar o Brasil.

Defender e apoiar a intolerância, o ódio e a desigualdade social é incompatível com a fé cristã. A luta de Católicas pelo Direito de Decidir e os demais movimentos religiosos progressistas sempre foi e sempre será pela vida das mulheres, pela justiça social e pelos direitos humanos. Por isso, juntamo-nos ao grito de esperança: ele não, ele nunca!

Pessoas de diversas comunidades de fé se reunirão neste sábado, 29 de setembro, em São Paulo, para lutar contra o avanço fascista no país. O bloco “Religiosas e Religiosos Contra Bolsonaro” se encontrará às 16h no Largo da Batata para se juntar, no mesmo local, ao ato “Mulheres Contra o Fascismo”. Acesse aqui para mais informações.

No Rio de Janeiro, cristãs e cristãos se reunirão em evento organizado pela Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito. A mobilização será no dia 29/09, às 14h, na Praça Brasil, na cidade de Volta Redonda. Saiba mais acessando o evento. Já na cidade do Rio de Janeiro, religiões de matriz africana estão organizando o ato “Terreiros Contra Bolsonaro”, também no dia 29, às 14h, no Largo da Carioca. Saiba mais aqui.

A mobilização de religiosas/os contra a opressão também já se iniciou nas redes. Teólogas/os e pastoras/es publicaram a Carta Pastoral à Nação Brasileira, que pode ser lida aqui. A rede “Evangélicxs pela Diversidade” lançou recentemente uma nota contra o fascismo. Leia aqui o texto. O grupo “Espíritas pelos Direitos Humanos” também lançou o Manifesto de espíritas progressistas por justiça, paz e democracia, que pode ser lido e assinado aqui.

Estamos em um ponto crucial de nossa história. As mulheres estão fortemente mobilizadas e é urgente que todas as lideranças do campo religioso fortaleçam esse grito contra o retrocesso. Vamos tomar as ruas e derrotar o ódio!

Católicas pelo Direito de Decidir

Author: catolicas01

Share This Post On