Em SP: Encarceramento feminino é tema de evento gratuito e aberto ao público

CAFÉ COM LUTA -Maio 2018-inscrição gratuita AQUI_Encarceramento feminino

 


FAÇA SUA INSCRIÇÃO GRATUITA AQUI!


 

De acordo com a 2ª edição do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (INFOPEN) sobre a situação das mulheres encarceradas no Brasil, o país conta com uma população prisional feminina de 42.355 mulheres. No levantamento de 2014, o número era de 37.380, o que representa um aumento de 13%.

O aumento é constante: ainda segundo o levantamento, “em Junho de 2016, a população prisional feminina atingiu a marca de 42 mil mulheres privadas de liberdade, o que representa um aumento de 656% em relação ao total registrado no início dos anos 2000, quando menos de 6 mil mulheres se encontravam no sistema prisional.” Assim, o Brasil ocupa a 4ª posição no ranking mundial de encarceramento feminino, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China e Rússia.

O levantamento também mostra que, em 2016, 45% das mulheres privadas de liberdade não haviam sido ainda julgadas e condenadas. Além disso, 27% dessas mulheres possuem entre 18 e 24 anos, e 23% possuem entre 25 e 29 anos. No recorte de raça, cor ou etnia, 62% dessa população é constituída de mulheres negras. Em situação de cárcere, o Brasil possui 25.581 mulheres negras e 15.051 mulheres brancas. Isso mostra que a maioria da população feminina encarcerada é constituída de mulheres jovens e negras.

Para discutir essas questões tão urgentes, Católicas pelo Direito de Decidir realizará em sua sede, no dia 25 de maio (sexta-feira), às 19h, mais uma edição do Café com Luta, que terá como tema “Encarceramento feminino e injustiças de gênero”. O evento contará com a presença de Dina Alves, coordenadora do Departamento de Justiça e Segurança Pública do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM), e Mariana Boujikian, pesquisadora do programa Justiça Sem Muros do Instituto Terra, Trabalho e Cidadania (ITTC). A sede de Católicas fica na Rua Martiniano de Carvalho, nº 71, casa 11, no bairro da Bela Vista, em São Paulo/SP.

A ação conta com apoio da Fundação Luterana de Diaconia (FLD) e é totalmente gratuita e aberta ao público. As vagas são limitadas (30 vagas) e as inscrições podem ser feitas gratuitamente aqui. O encontro também contará com transmissão ao vivo pelo Facebook de Católicas pelo Direito de Decidir.

Sobre as convidadas:

Além de coordenadora do Departamento de Justiça e Segurança Pública do IBCCRIM, Dina Alves é advogada, atriz, feminista negra abolicionista, pesquisadora nas áreas de gênero, raça e classe. É doutoranda em ciências Sociais pela PUC-SP e autora da pesquisa “Rés negras, juízes brancos: uma análise interseccional de raça, classe e Gênero na distribuição da justiça criminal em uma penitenciária feminina de São Paulo”. Ela também integra o Coletivo Autônomo de Mulheres Pretas de São Paulo – Adelinas.

Mariana Boujikian é cientista social pela Universidade de São Paulo (USP) e mestranda em Antropologia na mesma instituição. Além de pesquisadora do ITTC, faz parte do Núcleo de Estudos dos Marcadores Sociais da Diferença (Numas).

Sobre o Café com Luta:

O Café com Luta é uma série de encontros/debates sobre Injustiças de gênero nas instituições sociais e religiosas. Nos encontros, convidados/as expositores/as discutem questões tais como: a interferência religiosa no espaço da política institucional e seus impactos para o Estado de direitos e laico; as mulheres nos espaços de poder e decisão; busca de estratégias conjuntas para a construção da justiça de gênero.

Os debates têm duração de 2 horas, sendo 20 minutos para cada debatedor/a expor inicialmente suas ideias, seguido de debate com participantes presentes e com internautas. Será feita uma transmissão ao vivo pelo Facebook por meio da página fb.com/catolicasdireitodecidir.

SERVIÇO:
Café com Luta: Encarceramento feminino e Injustiças de Gênero.
Data: 25 de maio de 2018 (sexta-feira).
Horário: 19h às 21h.
Local: Sede de Católicas na Rua Martiniano de Carvalho, nº 71, casa 11 – Bela Vista – São Paulo/SP.
Gratuito.

Católicas pelo Direito de Decidir
Assessoria de Imprensa
comunicacao@catolicas.org.br

Author: catolicas01

Share This Post On